Rua Pastor Pedro Pereira de Araujo, 30

Parque Itapuã - Adamantina - SP

Fones: 3522-1570 / 3522-5004

Email:escolacristadeensino@gmail.com

Método DOM BOSCO de Ensino

TODOS COM O MESMO DOM.

O Sistema de Ensino Dom Bosco oferece um método moderno e flexível para sustentar o desenvolvimento das escolas parceiras e, principalmente, dos alunos. Aqui, a educação vai além dos livros. Nós potencializamos o DOM de cada um – afinal, todos nós temos um talento a ser explorado, desenvolvido e despertado para o mundo.

 

Acreditamos na qualidade da capacitação dos professores e corpo docente que trabalham com nosso sistema, valorizando o processo de interação entre os alunos com a credibilidade da marca Pearson: maior empresa de educação no mundo.

 

Um sistema 100% comprometido com as escolas parceiras, que entende o dom de cada instituição e extrai o seu melhor. Com uma proposta fundamentada em valores e princípios, oferecemos coleções didáticas para todos os níveis de ensino, da Educação Infantil ao Pré-Vestibular, ferramentas tecnológicas a favor da aprendizagem, eventos de capacitação, serviços de marketing, consultoria permanente, programa exclusivo de aperfeiçoamento docente e muitos outros benefícios que fortalecem o trabalho do professor e o crescimento da escola.

 

O Sistema de Ensino Dom Bosco visa construir relacionamentos duradouros, transformando sonhos em realidade, dificuldades em prosperidades e apostando no potencial de seus parceiros. 

 

PROPOSTA PEDAGÓGICA

O material didático do Sistema de Ensino Dom Bosco baseia-se em três perspectivas teórico-metodológicas: interacionismo, interdisciplinaridade e pensamento complexo.

 

interacionismo é uma concepção que prioriza a análise dos reflexos do mundo exterior no interior dos indivíduos, pela interação deles com a realidade. Trata-se, portanto, de uma visão sociocultural.

 

interdisciplinaridade fundamenta-se no esforço para superar a visão fragmentada do conhecimento. Embora seja aprendido individualmente, o saber é uma totalidade. O todo é formado pelas partes, mas não implica apenas a soma delas; é maior que elas. Assim, a natureza complexa do próprio ato educativo exige explicação e compreensão pluridisciplinares.

 

A proposta para o modelo de pensamento complexo é a visão de equilíbrio entre o pensamento linear e o sistêmico. Ela pode se traduzir pelo equilíbrio entre os seguintes pontos: razão e intuição, indivíduo e grupo, conteúdos e processos, conhecimento e imaginação, quantidade e qualidade, avaliação e aprendizagem. Completa-se com a ideia da interdisciplinaridade. Está pautado no princípio da dialógica, que compreende ideias contrárias sem excluí-las. “É o conhecimento voltado para um saber que nos permite reconhecer as incertezas de sua origem e seus limites lógicos”. (Edgar Morin)